Polvo (da nossa Costa) Assado no Forno

 Em Receitas

O polvo é a espécie mais comum na costa portuguesa, podendo ser encontrada a profundidades superiores a 150 metros.

Dificuldade: média.
Tempo: alto.
Doses: 2.

O polvo é uma espécie carnívora, tem especial preferência por crustáceos (com os caranguejos, navalheiras), seguindo-se os moluscos e os pequenos peixes. Caça habitualmente ao entardecer e pode mudar de cor para enganar as suas presas. No caso de as presas terem casca, o polvo-comum utiliza o bico para as perfurar antes de sugar o interior. Para garantir um polvo fresco, da nossa Costa, e com certificado de lota, encomende na Conceito de Peixe – 966 062 562.

INGREDIENTES

– 1 polvo pequeno (cerca de 900 gramas)
– 6 dentes de alho
– Sal e pimenta q.b.
– 200 ml de azeite Marvão (Azeitona Galega)
– 1 fatia grossa de broa centeio de preferência ou mistura
– 30 a 40 gramas de coentros moídos
– Metade de um pimento vermelho

PREPARAÇÃO DO PITÉU:

Passe na Conceito de Peixe ou encomende (que nós levamos a casa :)) o polvo, coza com pouca água (na panela de pressão (15 minutos), ou numa panela normal (30 minutos).
Escorra o polvo, separe os tentáculos e leve num tabuleiro regado com o azeite, pimento às tiras e 3 dentes de alho picados finamente.
Tempere com um pouco de sal e pimenta a gosto, e leve ao forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 15 minutos.
Entretanto, coloque a broa de mistura ou centeio partida em pedaços num robot de cozinha (pode ser a Bimby), adicione os restantes dentes de alho e os coentros. Triture até obter pedaços grossos.
Retire o polvo do forno e polvilhe-o com a mistura (triturada) e leve por mais 5 minutos ao forno, até ficar com um aspecto tostado e crocante.
Acompanhe com um esparregado ou legumes cozidos, como brócolos e batatas (se gostar, pode fazer umas migas!).

Bom apetite!

Artigos Recentes

Deixar um Comentário